Connectivity, flows and dynamics of reconfiguration in Brazilian broadcasters in face of the digital ecosystem
Portada Revista Comunicación Número 17 (2019)
PDF

Palabras clave

lenguaje audiovisual
ecosistema digital
conectividad
flujos
reconfiguración
audiovisual language
digital ecosystem
connectivity
flows
reconfiguration

Cómo citar

Stefano, L. de M., & Ferreira Vieira, S. M. (2020). Connectivity, flows and dynamics of reconfiguration in Brazilian broadcasters in face of the digital ecosystem. COMUNICACIÓN. Revista Internacional De Comunicación Audiovisual, Publicidad Y Estudios Culturales, 1(17), 53–65. https://doi.org/10.12795/Comunicacion.2019.i17.04
Recibido 2020-01-20
Aceptado 2020-01-20
Publicado 2020-01-22

Resumen

Analizamos cómo los principales canales brasileños de televisión pública y privada (ESPN Brasil, GNT, Rede Globo y Multishow) amplían lenguajes desde el surgimiento del ecosistema de comunicación conectiva, en el que la televisión y la web entran en simbiosis. La carrera para promover estrategias y traer participación proporcionó escenarios que cambian la fluidez en la ecología digital. Concluimos que a pesar de los cambios para este nuevo escenario aún son inciertas, hay una clara preocupación por parte de las emisoras brasileñas en proponer acciones para ser más atractivas y adecuadas al actual contexto televisivo.

---

We analyze how the main Brazilian channels of public and private TV - ESPN Brasil, GNT, Rede Globo and Multishow - are expanding languages from the emergence of the connective communication ecosystem, in which television and web enter symbiosis. The race to promote strategies and bring engagement provided scenarios that change fluidity in digital ecology. We conclude that although changes to this new scenario are still uncertain, there is a clear concern on the part of Brazilian broadcasters to propose actions to be more attractive and appropriate to the current television context.

https://doi.org/10.12795/Comunicacion.2019.i17.04
PDF

Citas

CANNITO, N. (2010). A televisão na era digital – interatividade, convergência e novos modelos de negócio. São Paulo: Plexus.

CAPANEMA, L. (2008). “A televisão expandida: das especificações às hibridizações”. Ver. Estud. Comun. Curitiba, v. 9, n. 20, pp. 193-202. [Date consulted: 07/05/18]. < http://www2.pucpr.br/reol/pb/index.php/comunicacao?dd1=2634&dd99=view&dd98=pb>.

CAPANEMA, L. (2009). A televisão no Ciberespaço. São Paulo: PUC-SP.

DI FELICE, M. (2009). Paisagens Pós-Urbanas. São Paulo: Anna Blume.

DI FELICE, M. (2012). “Redes sociais digitais, epistemologias reticulares e a crise do antropomorfismo social”. Revista USP. São Paulo, n. 92, pp. 6-19. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i92p6-19. [Date consulted: 07/05/18] < https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/34877>.

DI FELICE, M. (2017). Net-Ativismo: da ação social para o ato conectivo. São Paulo: Paulus Editora.

FECHINE, Y. (2009) “A programação da TV no Cenário de Digitalização dos Meios: configurações que emergem dos Realities Shows”. In: FREIRE FILHO, J. A TV em transição: tendências de programação no Brasil e no mundo. Porto Alegre: Sulina, pp. 139-170

FECHINE, Y. et al. (2013). “Como pensar os conteúdos transmídias na teledramaturgia brasileira? Uma proposta de abordagem a partir das telenovelas da Globo”. In:

LOPES, M. I. V. de (org.). Estratégias de transmidiação na ficção televisiva brasileira. Porto Alegre: Sulina, pp. 19-60.

FERREIRA, S. (2014). A TV em tempos de convergências. Juiz de Fora: Editora UFJF,2014.

FERREIRA, S. (2015). TV na Web: estratégias interativas em emissora com tradição televisiva. In: ENCONTRO DA SOCINE, 19., Campinas, 2015. Anais... Campinas: Socine, 2015. [Date consulted: 07/05/18] <https://associado.socine.org.br/anais/2015/15427/soraya_maria_ferreira_vieira/tv_na_web_estrategias_interativas_em_emissora_com_tradicao_televisiva>.

JENKINS, H. (2009) Cultura da Convergência: a colisão entre os velhos e novos meios de comunicação. São Paulo: Aleph, 2006. 2 ed.

JENKINS, H.; GREEN, J.; FORD, S. (2014). Cultura da Conexão – Criando Valor e Significado por Meio da Mídia Propagável. São Paulo: Aleph.

LIPOVETSKY, G.; SERROY, J. (2011). A Cultura-Mundo resposta a uma sociedade desorientada. São Paulo: Companhia das Letras.

MACHADO, A. (2011). “Fim da Televisão?”. Revista Famecos. Mídia e Tecnologia. Porto Alegre: PUCRS, v. 18, n. 1, pp. 86-97. DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-3729.2011.1. [Date consulted: 07/05/18]. < http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/8799>

MEIKLE, G.; YOUNG, S. (2012). Media Convergence: Networked digital media in everyday life. New York: Palgrave Macmillan.

MILLER, T. (2009). “A Televisão Acabou a Televisão Virou Coisa do Passado, A Televisão já Era.” In: FREIRE FILHO, J. A TV em transição: tendências de programação no Brasil e no mundo. Porto Alegre: Sulina, pp. 09-25.

NAVARRO, V. (2018) “Os sentidos da convergência: entrevista com Henry Jenkins”. Revista Contracampo. Niterói, n. 21: UFF, Agosto 2010.

NOGUEIRA, L.(2005). O web jornalismo audiovisual: uma análise de noticias na UOL News e na TV. UERJ On-line. Salvador: UFBA, 2005. 133f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, Faculdade de Comunicação, Universidade Federal da Bahia, 2005.

PALACIOS, M. (2003). “Ruptura, Continuidade e Potencialização no Jornalismo Online: o lugar da memoria”. In MACHADO, E.; PALACIOS, M. (Orgs). Modelos do Jornalismo Digital. Editora Calandra, Salvador, 2003.

SANTAELLA, L. (2008). Cultura e Arte do Pós-Humano: da cultura das mídias à cibercultura. São Paulo: Paulus.

SANTAELLA, L. (2013). Comunicação ubíqua: repercussões na cultura e na educação. São Paulo: Paulus

SCOLARI, C. (2008). Hipermediaciones: Elementos para uma Teoría de La Comnicación Digital Interactiva. Barcelona: Gedisa.

WILLIANS, R. (1979). Television: Technology and cultural form. Glasgow: Fontana/Collins.

Creative Commons License

Esta obra está bajo una licencia internacional Creative Commons Atribución-NoComercial-CompartirIgual 4.0.

Derechos de autor 2019 Luiza de Mello Stefano y Soraya María Ferreira Vieira

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.