Transição do Brasil Império à República Velha

Marcelo Figueiredo

Resumen



O presente artigo analisa a transição do Brasil Império à República Velha.
O latifúndio monocultor e exportador de forte base escravagista caracterizou o
Brasil colônia. A grande atividade de fato se dava no meio rural. No primeiro
Reinado, o Brasil foi elevado à condição de Reino (1815), Na transição para o
governo representativo, que começa com a Revolução do Porto (1820), tentouse
impor ao Brasil a reintrodução do quadro institucional anterior, virtualmente
empurrando-nos para a Independência, afi nal proclamada em 7 de setembro de
1822. O período abrangido pelo Segundo Reinado ao menos cronologicamente
compreende a Regência, entre abril de 1831, com a abdicação de D. Pedro I e
a decretação da maioridade e posse de seu fi lho D. Pedro II (em 24 de julho de
1840). O fato mais importante registrado no segundo reinado foi sem dúvida
alguma a abolição do tráfi co de escravos que ocorreu em 1850. A revolução de
1930 marcou a queda da primeira Constituição republicana.

Palabras clave


Brasil Imperio - Abolição da Escravatura - República – Constituição

Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


ISSN de la edición impresa: 1575-6823
ISSN digital: 2340-2199
Depósito legal: SE 235-2015
 Estadisticas anuales