Metamorfoses do cinema brasileiro na era da mundializaçao neoliberal: em busca de uma identidade estética?

Autores/as

  • Jorge Nóvoa

Palabras clave:

cinema brasileiro, história e cinema, desenvolvimento e subdesenvolvimento, cinema neoliberal, estética do cinema brasileiro

Resumen

Este ensaio pretende a partir de uma discussão conceitual (subdesenvolvimento, crescimento, cinema subdesenvolvido, cinema do ocupado e do ocupante) enquadrando-o nas diversas fases históricas a que correspondente a evolução e o crescimento do cinema brasileiro, chegando a sua fase atual, da internacionalização neoliberal das economias nacionais, e da brasileira, por conseguinte. Nesse processo defende a hipótese de que hoje mais do que nunca a dicotomia entre o de dentro e o de fora da economia nacional não encontra mais sustentação e que a mundialização neoliberal tornou hegemônico o “cinema do ocupante” que incorporou o próprio “cinema do ocupado”. O resultado é que existe uma semelhança muito grande entre os cinemas mundiais no que concerne a utilização dos efeitos especiais e da alta tecnologia de que se dispõe hoje mundialmente e uma semelhança maior: o crescimento em termos formais não permitiu mais a nenhum dos cinema (e o cinema brasileiro é um exemplo) a fundação de verdadeiras novas escolas estéticas. Isto constitui um traço de uma época.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Métricas

Cargando métricas ...

Biografía del autor/a

Jorge Nóvoa

Universidad Hebrea de Jerusalén

Descargas

Publicado

2006-04-01

Número

Sección

Las ideas. Su política y su historia